NBB

Botafogo surpreende e vence; Joinville perde mais uma

A noite desta quinta-feira (08) foi recheada de jogos com surpresas e grandes vitórias pelo NBB. Os três cariocas da competição, Botafogo, Flamengo e Vasco, jogaram e saíram triunfantes.

Vasco 96-92 Basquete Cearense

Em um jogo muito equilibrado de ambas as equipes, o Basquete Cearense assumiu a liderança do placar a três minutos do fim do segundo quarto, quando o Vasco parou e os visitantes abriram vantagem em uma corrida de 13 X 0. Os cearenses saíram para o intervalo com vitória parcial por 50 X 43.

No entanto, o Cruzmaltino não deixou por menos e voltou com tudo para o jogo, vencendo os dois últimos períodos por 24 X 17 e 29 X 25. Davi Rossetto, a cinco segundos do fim, ainda acertou uma bola de três pontos para o Basquete Cearense e empatou o placar, ameaçando uma prorrogação do jogo – mas, instantes depois, ele cometeu uma falta antidesportiva em Fúlvio, do Vasco, que acertou os dois lances livres e garantiu a vitória para o Gigante da Colina.

O cestinha da partida foi Paulinho Boracini, do Basquete Cearense, com 27 pontos. Pelo lado vascaíno, o destaque foi o pivô Lucas Mariano, que anotou 23 pontos e sete rebotes.

Botafogo 94-74 Vitória

O Botafogo teve sua melhor noite no NBB. No final do primeiro quarto, o Vitória virou e começou a se distanciar da equipe de General Severiano. Entretanto, o Botafogo surpreendeu com uma excelente reação e reassumiu a liderança do jogo, resultando num placar de 29 X 8 no segundo quarto e em vitória parcial por 16 pontos: 47 X 31.

A partir de então, os botafoguenses apenas administraram a diferença sobre os baianos e saíram com seu terceiro triunfo consecutivo, que rendeu a 12ª posição na tabela do NBB (a última posição na zona de classificação para a fase de playoffs).

Os destaques do Botafogo foram Cameron Tatum, com 32 pontos, e Jamaal, com 18 pontos. O maior pontuador do Vitória foi Kurtz, que anotou um duplo-duplo, com 17 pontos e 13 rebotes.

Joinville 66 X 73 Minas

Minas e Joinville protagonizaram um jogo que ficou acirrado a poucos minutos do fim. A equipe de Minas dominou a partida desde o início, não deixando espaços para os catarinenses. O primeiro quarto foi importante para os mineiros, que fizeram 22 X 9 sobre os donos da casa. No entanto, o Joinville reagiu e marcou 8 X 0 entre o fim do terceiro quarto e os primeiros minutos do último período, empatando o placar. A dois minutos do término, as duas equipes novamente se igualaram no marcador e forçaram a prorrogação.

No período extra, Joinville ainda teve chances de virar e sair com a vitória, mas pecou nos instantes finais: cometeu duas faltas pessoais e uma falta técnica. De 5 lances livres, Minas converteu 4 e sacramentou mais um importante triunfo no NBB. O cestinha da partida foi Guilherme Teichmann, do Minas, que fez duplo-duplo, com 17 pontos e 11 rebotes. Do lado joinvilense, Deonta Stocks também ficou próximo de um duplo-duplo, com 13 pontos, mas nove assistências.

Caxias do Sul 75 X 98 Flamengo

Pela última partida da noite, o Flamengo venceu o Caxias do Sul sem sustos. Pela última partida da noite, o Flamengo venceu o Caxias do Sul sem sustos. Com início de igual para igual, o Caxias encostou no placar por algumas vezes durante o primeiro quarto – no entanto, parou de pontuar durante três minutos e perdeu a chance de assumir a liderança, fazendo com que o Flamengo abrisse sequência de 11 X 0.

A partir deste momento, os cariocas apenas administraram tranquilamente a vantagem sobre os gaúchos, que chegou a ser de 31 pontos. A equipe caxiense ainda tentou diminuir o prejuízo nos instantes finais, cortando em 8 pontos a diferença.

O cestinha da partida foi Arthur Pecos, do Flamengo, com 20 pontos. Anderson Varejão teve sua melhor atuação desde a estreia pelo Rubro-Negro, com 15 pontos. Pelo Caxias do Sul, o maior pontuador foi Paranhos,  com 19 pontos e 10 rebotes.

Foto principal: Divulgação/LNB

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *